Engrenagens

     Engrenagens são mecanismos de rodas que, diferentemente dos sistemas de fricção direta acrescenta dentes à sua superfície cilíndrica, hoje se fazem presentes em quase todos os tipos de máquinas ou sistemas que possam transmitir potência de um eixo para o outro, algumas vezes as engrenagens são usadas para variar o número de rotações ou o sentido da rotação de um eixo para o outro ou simplesmente como multiplicador ou redutor de torque.

     Na indústria e nos meios automobilísticos as engrenagens são utilizadas em larga escala, principalmente devido à sua flexibilidade de construção, podendo ser cilíndricas, cônicas, transversais, com raio infinito (cremalheira) ou outras diferentes montagens e geometrias. Também entendemos que como elemento de máquina fornecido de forma padronizada pela indústria é o que mais se encontra comercialmente pronto para uso na mais diversas aplicações.

     Do ponto de vista da sua fabricação as engrenagens, apesar de exigirem uma geometria mais complexa na construção do dente, têm hoje extrema facilidade de confecção devido a um maquinário específico para isto e relativamente barato, os processos vão desde a usinagem tradicional à conformação, sinterização, estampagem e impressão digital do produto final.

      Em nosso curso a abordagem será geométrica e cinemática e para uma melhor compreensão do assunto, nos tópicos aqui estudados, iremos mostrar alguns vídeos disponíveis no canal “YouTube”, principalmente o material disponibilizado pelo Professor Giovanni Jacazio do Instituto Politecnico di Torino, Dipartimento di Meccanica. De forma simplificada, iremos inicialmente estudar os seguintes pontos:

  1. Relação de Transmissão
  2. Tipos de Engrenagens
  3. Lei Fundamental do Engrenamento
  4. A Evolvente de Círculo
  5. Nomenclatura para Engrenagens
  6. O Problema da Interferência
  7. Espessura do Dente e Grau de Recobrimento
  8. Trens de Engrenagens
  9. Esforços nas Engrenagens