Mecanismo de Came

     Os mecanismos de came têm extrema importância no projeto de máquinas, especificamente em motores de combustão interna e máquinas compressoras pneumáticas. Na sua definição simples consta de três barras, qual sejam a base que é fixa o came propriamente dito que consiste no elemento que tem rotação completa e o seguidor que está sempre em contato com o came através de um par cinemático do tipo superior. A cinemática do movimento envolvido é extremamente complexa e impossível de ser reproduzida com outros tipos de mecanismos. Como no caso dos mecanismos articulados, o nosso curso, aqui também vai dar um enfoque principal à parte cinemática do mecanismo came-seguidor e inicialmente iremos estudar os tipos de curvas de elevação usadas na construção do contorno dos cames e em seguida vamos nos preocupar com o ângulo de pressão no sentido de otimizarmos o movimento e evitarmos o engripamento.

Links para os nossos Estudos:

  1. Transformações em Funções
  2. Curvas de Elevação
  3. Composição de Curvas
  4. Nomenclatura para Cames
  5. Ângulo de Pressão
  6. Perfil do Came
  7. Problema do Engripamento
  8. Came de Mesa